Rabo de raposa,moda e crítica

Eu vi esse post no Two Dots e fiquei um pouco preocupada.

A indústria da moda é formadora, modificadora e sedimentadora de opiniões, fato. Embora imensa ainda tem muito para crescer,outro fato,mas será que está crescendo pro lado certo?

Como pode no mundo ecofriendly de hoje em dia se lançar um penduricalho de rabo de raposa?E digo mais, como pode existir público pra isso?

As campanhas de proteção a natureza e de desenvolvimento de uma consciência ambiental são maciças, as informações sobre como a retirada da pele é cruel estão em todo lugar!E essas pessoas estão usando isso, pois alguém disse que era “tendência”.

As questões éticas e morais são muitas. Existem milhares de aspectos na questão, mas algumas coisas são taxativas: como formadora de opinião a indústria da moda tem de se responsabilizar pelo que propaga, tem de influenciar seu público de forma positiva e tem de se adequar a realidade em que está inserida. Ou seja, real fur não é legal e comentários como esse “Ninguém quer ver gente cheinha. Isso é coisa dessas gordas, que ficam sentadas diante da TV com seus sacos de batata frita, dizendo que as modelos magras são feias.” de Karl Lagerfeld não são aceitáveis.

A moda é uma coisa tão maior que isso!Ela pode ser renovadora, social, relevante, significativa de tantos modos e inspiradora. Mas isso em seu melhor aspecto e é o aspecto que devia ser disseminado e difundido. Eu já falei sobre isso aqui.

De acordo com Versace quando uma mulher muda sua aparência a cada temporada ela se torna uma fashion victim. As chamadas fashion victims, um termo que dizem que quem cunhou foi Oscar de La Renta, são aquelas pessoas que a cada nova safra de tendências e desfiles adotam todo um novo estilo, e às vezes guarda-roupa, se adaptando ao que o mundo da moda impõe sem considerarem sua própria personalidade. São vítimas da efemeridade e do consumismo. Eu fico pensando… Será que estamos criando um exército de Fashion victims?

Eu proponho uma reconstrução de paradigmas, eu sugiro uma revolução cultural no mundo da moda. Eu só não aceito a apatia. Falem,comentem,dêem suas opiniões,questionem,duvidem, mas não aceitem as coisas como elas são. Adéqüem a moda a vocês e não vocês a moda.

Coco Chanel manda beijos.Ela disse que não lutou tanto para adequar a moda as mulheres para vocês se escravizarem de novo.

É isso.

Beijos

Yas marques – @djobidjoba

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Rabo de raposa,moda e crítica

  1. Marina Camargo disse:

    CLAP CLAP CLAP

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s